Estudo da APDP conclui que apenas 3 em cada 10 pessoas com diabetes t2 sentem sintomas de hipoglicemia

A APDP desenvolveu o HipoDiab, o primeiro estudo que analisa as situações de descida dos níveis de glicose no sangue para um valor abaixo do normal, as hipoglicemias, nas pessoas com diabetes tipo 2.

 

O principal objetivo do estudo foi a melhor compreensão do impacto destes episódios, a capacidade de identificação por parte das pessoas ou o tratamento a que recorrem para os combater. As conclusões foram claras: ainda há um importante caminho a fazer na perceção e identificação das hipoglicemias, bem como no seu tratamento.

 

O diretor clínico da APDP, João Filipe Raposo, comenta “As hipoglicemias são uma complicação frequente do tratamento das pessoas com diabetes, relevantes pelos sintomas que apresentam, complicações associadas e consequente redução da qualidade de vida. A não deteção destes episódios e a incorreta atuação perante os mesmos pode levar à perda da resposta de um tratamento eficaz.“

 

Este estudo tem como objetivo levar os médicos e as pessoas com diabetes, em particular as pessoas com diabetes tipo 2, a trabalhar em conjunto no sentido de evitar as hipoglicemias e a estarem mais atentos aos seus sinais.

 

“É importante que as pessoas partilhem estas situações com o seu médico e profissional de saúde que os acompanha, para que possam falar dos devidos ajustes no tratamento, alimentação ou atividade física” acrescenta João Filipe Raposo.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password