Dia Mundial do Pé Diabético: 15 de maio de 2020

Nos últimos anos, o problema do pé diabético cresceu e atingiu proporções pandémicas. A cada 20 segundos, em algum lugar no mundo, um membro inferior é amputado por causa da diabetes e 85% dessas amputações são provocadas por úlceras no pé.

Lisboa, 22 de janeiro de 2020

 

O pé diabético é uma das principais complicações da diabetes pela sua elevada incidência na população com diabetes e pelo risco associado de amputação dos membros inferiores. Para enfrentar este desafio mundial é preciso construir novas estratégias alicerçadas numa abordagem multidisciplinar que dê resposta às diferentes fases do pé diabético, ou seja, a prevenção, o diagnóstico precoce, o tratamento da úlcera e da isquemia e, por fim, a reabilitação.

Esta necessidade motivou especialistas internacionais a apresentar uma iniciativa conjunta sobre o pé diabético, com o objetivo de reunir diferentes interessados nesta área, na partilha de conhecimentos e de experiências de boas práticas, e de facilitar a criação de parcerias entre as organizações.

Surge assim a proposta da realização do Dia Mundial do Pé Diabético que acontece durante a Conferência da EWMA (European Wound Management Association), no dia 15 de maio de 2020, em Londres.

O Dia Mundial do Pé Diabético pretende analisar o que foi feito até ao momento no que ao tratamento do pé diabético diz respeito, e discutir o que ainda precisa de ser feito para reduzir o número de amputações. Reunirá pessoas com diabetes, profissionais de saúde, cuidadores e educadores provenientes de várias associações de diabetes.

A Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) não podia deixar de estar presente nesta importante iniciativa. Em sua representação irá a Dr.ª Ana Luísa Costa, coordenadora médica do Departamento do Pé Diabético da APDP.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Portal da Diabetes