C1 – Psico-Educacional na doença crónica

FUNDAMENTAÇÃO

A pessoa com doença crónica constitui um desafio para o técnico de saúde pois implica o seu seguimento a longo prazo, distante do conceito de “cura” que a situação aguda propõe e que fornece ao técnico a aura de curador quase milagroso.

A cronicidade não é apenas da doença mas da relação que se estabelece entre a pessoa e o técnico de saúde. Estar integrado numa equipa, deverá pelas suas valências várias e no seu conjunto, permitir o seu acompanhamento global. A pessoa é a peça fundamental do processo já que terá de integrar a equipa aprendendo a manter uma vigilância continuada do seu estado, adequando a medicação e estando atenta a sinais de alarme das complicações possíveis da doença.

A Educação Terapêutica implica a pessoa no seu tratamento e exige do técnico de saúde uma série de capacidades pedagógicas e no domínio da psicologia que não estão integradas nos currículos académicos.
É no sentido de colmatar essa falha que nos propomos abordar esta problemática. Este curso propõe ao técnico de saúde uma nova atitude na abordagem à pessoa com doença crónica, baseada num melhor auto-conhecimento e consequente melhor e mais global conhecimento do outro.

Trata-se de uma abordagem holística em que o orgânico, o psicológico e o social se integram no sentido de uma melhor compreensão do indivíduo, ajudando-o a conseguir uma melhor qualidade de vida.

OBJETIVOS

1 – Que os participantes sejam capazes de reforçar e adquirir novas competências em relação à pessoa com a doença crónica:

  • na relação com a pessoa e respetiva família;
  • na elaboração da História Clínica;
  • no desenvolvimento da Entrevista Clínica.

2 – Que os participantes sejam capazes de identificar e reformular as suas características enquanto profissionais de saúde, relativamente ao impacto que as mesmas têm na pessoa com doença crónica.

3 – Que os participantes experimentem e adquiram novas estratégias de motivação para a adesão à terapêutica.

METODOLOGIAS

Teórico-práticas. Metodologias ativas: metaplan, estudo de casos clínicos, simulações, trabalhos de grupo, autoscopias e heteroscopias, técnica de entrevista.

GERAL

APDP Lisboa

Duração
6 dias / 36 horas
(9h30 – 17h00)

Formadores
Médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicóloga e técnica de cardiopneumologia

Destinatários
Médicos, enfermeiros, dietistas, nutricionistas, psicólogos, farmacêuticos e técnicos superiores de diagnostico e terapêutica

Nº formandos por curso
12

Modalidade
Presencial

Preço
650€

Diretor Clínico e Pedagógico
João Filipe Raposo

Coordenação Pedagógica
Lurdes Serrabulho

Coordenação do Curso
Ana Lúcia Covinhas e José Manuel Boavida

Formadores
Ana Lúcia Covinhas, Débora Faria, Dulce do Ó, Isa Almeida, João Raposo, José Manuel Boavida, Lurdes Serrabulho, Margarida Barradas, Maria João Afonso e Teresa Laginha

PROGRAMA

1º dia
9h30 – 11h00
Educação terapêutica

11h00 – 12h30
Abordagens psicoterapêuticas centradas na pessoa 

14h00 – 15h30
Abordagem familiar (teórico)

15h30 – 17h00
“Burnout”: stresse profissional (o nosso lado)

2º dia
9h30 – 11h00
Processo de adaptação à  doença

11h00 – 12h30
Processo de adaptação à  doença

14h00 – 15h30
Abordagem Familiar (prática)

15h30 – 17h00
Estratégias para gerir as dificuldades/ relaxamento

3º dia
9h30 – 11h00
Técnicas de entrevista 

Entrevista motivacional

11h00 – 12h30
Utilização de técnicas – Auto e hetero-avaliação (obstáculos/facilitadores)

14h00 – 15h30
Entrevista Clínica (fazer mal e bem no mesmo  tempo de consulta)

15h30 – 17h00
Abordagens individual/Equipa multidisciplina

4º dia
9h30 – 11h00
Como atuamos na prática

1) prática das técnicas de entrevista
2) comunicação verbal e não verbal

11h00 – 12h30
A entrevista propriamente dita

Como eu a conduzo  

14h00 – 15h30
Autoscopia/ heteroscopia

15h30 – 17h00
Autoscopia/ heteroscopia

5º dia
9h30 – 11h00
Experimentar o outro lado

Como faço a aprendizagem para a adesão

11h00 – 12h30
Diferentes formas de  praticar Educação terapêutica

14h00 – 15h30
Encontro com a realidade

15h30 – 17h00
Encontro com a realidade

6º dia
9h30 – 11h00
A estrutura da Consulta

11h00 – 12h30
A estrutura da Consulta

14h00 – 15h30
O outro Lado  da adesão à terapêutica

15h30 – 17h00
Avaliação do Processo de Educação Terapêutica

Avaliação do Curso

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

Preencha o seguinte formulário para inscrição no curso de formação.

     

    CANDIDATO

     

    HABILITAÇÕES (ACADÉMICAS E PROFISSIONAIS)


    BacharelatoLicenciaturaMestrado/DoutoramentoComplementar

     

    ORGANISMO OU INSTITUIÇÃO ONDE TRABALHA


    SimNão

     

    ESTA FICHA DE INSCRIÇÃO QUANDO ENVIADA, DEVERÁ SER ANEXADA AO QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE NECESSIDADES DE FORMAÇÃO, QUE DEVERÁ TER JÁ PREENCHIDO. NÃO ACEITAREMOS A FICHA DE INSCRIÇÃO SEM O QUESTIONÁRIO.

    A APDP é a entidade responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais. Os dados que nos transmitiu serão utilizados para fins diretamente relacionados com a formação em que se inscreve sendo o fundamento jurídico para o tratamento a execução de um contrato, bem como o interesse legítimo da APDP em formar pessoas com diabetes e profissionais de saúde no sentido de melhorar os cuidados relacionados com a diabetes. Acresce que, com o seu consentimento, os dados de contacto eletrónico, telefónico e morada poderão destinar-se à comunicação e divulgação da newsletter, revistas, formações e outras informações institucionais da APDP. A APDP não transmite os seus dados pessoais a terceiros, exceto nos casos em que tal se revele necessário à prestação dos serviços que tenha contratado ou ao cumprimento de obrigações legais a que a APDP esteja sujeita. A APDP pode partilhar dados pessoais com empresas que lhe prestem serviços e que, em nosso nome e por nossa conta, tratam os seus dados pessoais, designadamente a fornecedores de tecnologia de informação e de serviços de comunicação (revista e newsletter da APDP). O período de tempo durante o qual os seus dados pessoais são conservados é o necessário à finalidade para a qual serão tratados, findo o qual serão destruídos, ou, quando aplicável, até que exerça o seu direito de retirar o consentimento.

    Nos termos legais, são-lhe garantidos os direitos de acesso, retificação, limitação de tratamento, oposição, portabilidade e eliminação dos seus dados pessoais, mediante contacto direto com a APDP. O titular dos dados tem, ainda, direito a apresentar reclamação à CNPD ou outra entidade de controlo competente nos termos da Lei. Contacto do Encarregado de Proteção de Dados: rgpd@apdp.pt.

    Autoriza que os seus dados de contacto eletrónico, telefónico e morada sejam utilizados para divulgação e comunicação de newsletters, revistas, formações e outras informações institucionais da APDP?* AutorizoNão Autorizo

    * campo obrigatório

    Lost Password

    Portal da Diabetes